Bancos de imagens gratuitas: os melhores.

Tags

, , , , ,

Melhor do que um banco de imagem é um banco de imagem gratuito. Melhor que isso só uma lista com quase 90 deles! Selecionei 10 dos melhores e mais usados para falar um pouco sobre cada um, mas na sequência disponibilizarei uma lista com todos os 89 sites. Alguns exigem cadastro, a maioria tem sua parcela de fotos pagas, mas todos são de grande ajuda quando aquela imagem ideal não aparece fácil. A minha dica é dar uma olhada na maioria e ir salvando os que agradam com uma descrição para cada um, até porque tem vários sites especializados em um só tipo de fotografia como animais, plantas, backgrounds etc, depois fica mais fácil de encontrar caso você não lembre o nome do site específico. Vamos aos sites!

1. MorgueFile

De fácil navegação, com o bom visual e sem a necessidade de um cadastro o MorgueFile é um excelente banco de imagens. Você pode navegar livremente pelas fotos ou buscá-las especificamente através do campo de busca, lembrando-se sempre que o site é em inglês. Há também uma seção interessante chamada “Classroom”, onde são apresentadas algumas dicas básicas de fotografia.

MorgueFile

2. Everystockphoto

O Everystockphoto é, na verdade, um sistema de buscas em vários bancos de imagens. Por causa disso, ele tem um acervo enorme, além de muito variado, sobre qualquer assunto. Os temas mais procurados ficam em destaque na lateral esquerda da tela, facilitando a localização da imagem desejada.

Everystockphoto

3. DesignPacks

O visual escuro e carregado do DesignPacks esconde uma excelente opção de banco de imagens gratuitos. Ele não conta com um grande acervo, mas em contrapartida oferece fotografias com qualidade impecável.

DesignPacks

4. Stock Xchng

Famoso entre fotógrafos profissionais, o Stock Xchng possui milhares de imagens disponíveis. Ele oferece imagens grátis e pagas, mas tem necessidade de cadastro. Além do banco de imagens, o Stock Xchng tem fórum para debate e disponibiliza estatística de fotos mais baixadas.

Stock Xchng

5. Dreamstime

O Dreamstime reúne uma impressionante galeria de mais de 9 milhões de fotografias, algumas das quais são pagas – mas a maioria é gratuita. Se você for fotógrafo, pode vender sua imagem para alguém através do site e receber entre 30% e 60% de comissão.

Dreamstime

6. Unprofound.com

Com visual elegante, o unprofound.com possui um banco de imagens de excelente qualidade. Uma de suas ferramentas mais interessantes é a busca por cor, que permite ao usuário visualizar fotografias com uma determinada coloração predominante.

Unprofound.com

7. Freerangestock

O Freerangestock requer cadastro, mas não limita a quantidade de fotos baixadas. Organizado, layout limpo e com sistema de buscas eficiente, ele é perfeito para quem precisa de agilidade na hora de buscar imagens.

Freerangestock

8. Free Stock Photos Bank

Um acervo impressionante com fotos de alta qualidade é o que você vai encontrar no Free Stock Photos Bank. Dispensando cadastro, o banco tem uma grande comunidade de fotógrafos profissionais no mundo todo, contando com uma seção de fotos pagas.

Free Stock Photos Bank

9. Lomography

Com uma proposta diferente, o Lomography é um site que reúne exclusivamente fotografias captadas por câmeras antigas ou com cores inusitadas. Os efeitos conseguidos apresentam qualidade profissional, o que torna o banco ideal para quem não sabe ou não quer perder tempo com editores de imagem.

Lomography

10. Photo Rack

Facilidade de uso e dispensa de cadastro no site fazem do Photo Rack um banco de imagens bastante atraente. Ele apresenta um acervo de mais de 27 mil fotos, distribuídas por 149 categorias.

Photo Rack

  1. Stock.XCHNG
  2. everystockphoto
  3. Morguefile
  4. Dreamstime
  5. Woophy
  6. Pixel Perfect Digital
  7. Abstract Influence
  8. Stockvault.net
  9. aboutpixel.de
  10. Dns Fotografia Digital
  11. CNICE
  12. Image*After
  13. FreePixels
  14. Big Foto
  15. Fontplay
  16. FreeImages
  17. FreeFoto
  18. tOfz
  19. pixelio.de
  20. FreePhotoBank
  21. Public-domain-photos.com
  22. Free Photos Web
  23. FreePhotosBank.com
  24. freerangestock.com
  25. Visipix
  26. Burning Well
  27. Cepolina Photos
  28. ImageBase
  29. DHD Multimedia Gallery
  30. ZURBphotos
  31. stock.diwiesign.com
  32. Stockcache
  33. Orange Trash
  34. UnProfound
  35. unices.org
  36. Amygdela’s atmosphere
  37. Twice Pix
  38. Studio25
  39. star29
  40. Cromavista
  41. 9×13 glänzend
  42. StickStock.com
  43. dieBlen.de
  44. Photogen
  45. DexHaus
  46. OpenPhoto.Net
  47. graphicsarena.com
  48. tripalbum.net
  49. La Chti’te galerie
  50. OneOddDude.net
  51. MFX.de
  52. FotoDatebank
  53. Majestic Imagery
  54. SPB
  55. DesignPacks.com
  56. EssEndEmmE Stock Photos
  57. Fotobank
  58. IronOrchid
  59. Vintage Pixels
  60. Microshots.org (close-up)
  61. Pixalia
  62. fotofree.org
  63. PhotoRack
  64. Imageblowout
  65. Bajstock.com
  66. FreeMediaGoo
  67. PIX
  68. Apostroph | Freshpics
  69. Four Bees
  70. FotoImpact.ro
  71. Plants of Hawaii
  72. Farmphoto
  73. ARS
  74. Animal Pictures Archive
  75. Yellowstone Digital Slide File
  76. Insecta
  77. Insect Images
  78. FEMA
  79. Aarin Free Photo
  80. Creativity 103
  81. Truly Free Stock
  82. Jay Arraich’s Free Photos
  83. Piotr.Pix
  84. Public Domain Stock Photos
  85. LIGHTmatter
  86. FreeStockPhotos
  87. Imagetemple.com
  88. A Digital Dreamer
  89. ArtFavor | Photo Collection
Anúncios

Calibrando as cores do seu monitor para impressão! RGB x CMYK

Tags

, , , , , , ,

Calibrar seu monitor

CMYK x RGB

Impressoras e monitores reproduzem cores de formas diferentes. Enquanto a primeira utiliza o sistema CMYK (4 cores), o outro é baseado na emissão das luzes RGB (azul, verde e vermelha). Os dois meios de reprodução podem se aproximar bastante, mas para isso é preciso que você conheça um pouco mais sobre esse assunto antes de produzir seus trabalhos profissionais.

Quando você vê uma imagem num monitor, os pixels são reproduzidos a partir da fusão das luzes azul, verde e vermelha. Em razão disso, e principalmente porque o monitor opera num diferente espaço de cor em relação às impressoras, o que você vê na tela pode se diferenciar drasticamente do que é visto numa imagem impressa.

Cores RGB x CMYK

A. As cores visíveis pelo olho humano.
B. Diferença da gama de cores entre RGB (monitor) e CMYK (impressão).
C. Diferentes captações de cores em dispositivos distintos.

Configurações do Monitor 

Antes de calibrar as configurações no PC você deve se certificar se houve alguma alteração no seu monitor ou placa de vídeo. Seu monitor certamente tem um opção de restaurar as configurações de imagem para “Default”. Na sua placa de vídeo (sendo ela integrada ou não) se você não sabe se houve alteração ou não souber como restaurar, o que eu recomendo é desinstalar e reinstalar os drivers da placa que ela vai ficar no modo “Default”.

A maioria dos monitores sai de fábrica com seus ajustes de RGB ao máximo, o que proporciona imagens fantásticas quando estão expostos no showroom de uma loja. Isso significa que as imagens terão uma temperatura de cor de aproximadamente 9.000K (graus Kelvin) e, com isso, sua tela ficará mais azulada – o que não interfere diretamente na nossa percepção porque nossos olhos têm uma maneira de se ajustarem automaticamente a qualquer mudança de cor.

Portanto, se você deseja ter um monitor que reproduza uma imagem que se assemelhe ao máximo daquela que será impressa, a sua tela deverá se aproximar mais do branco. Num dia claro, o sol nos dá uma temperatura de cor em torno de 5.000K – ajuste que normalmente é encontrado nas impressoras. O ideal é ter essa regulagem no seu monitor, porém um valor razoável para um branco normal gira em torno de 6.500K.

Temperatura de cor
Fonte: Wikipedia

A definição de Temperatura de cor está baseada na relação entre a temperatura de um material hipotético conhecido por corpo negro radiador, e a distribuição de energia da sua luz emitida à medida que a temperatura deste corpo negro é elevada do zero absoluto até temperaturas cada vez mais elevadas – o que expressa a aparência de cor da luz emitida pela fonte de luz. A sua unidade de medida é o Kelvin (K). Quanto mais alta a temperatura de cor, mais clara é a tonalidade de cor da luz. Quando falamos em luz quente ou fria, não estamos nos referindo ao calor físico da lâmpada, e sim a tonalidade de cor que ela apresenta ao ambiente. Luz com tonalidade de cor mais suave torna-se mais aconchegante e relaxante, luz mais clara mais estimulante.

A temperatura de cor é uma analogia entre a cor da luz emitida por um corpo negro aquecido até a temperatura especificada em Kelvin e a cor que estamos comparando. Ex.: uma lâmpada de temperatura de cor de 2.700 K tem uma tonalidade suave, já uma outra de 6.500 K tem a tonalidade clara. 

Para trabalhos com edição de imagens deve se buscar uma iluminação de 6.500 K (equivalente a luz natural), isentando-se assim do risco da iluminação influenciar o resultado final.

A maioria dos monitores atualmente comercializados dispõe de ajustes para temperatura de cor ou para operar em sRGB. Se você possui um monitor assim, configure a imagem para 6.500K quando der saída de impressão. Notebooks não são indicados para manipulação de imagens, dadas à limitações de ajustes dos seus monitores integrados.

sRGB
Fonte: Wikipedia

Hoje, o padrão sRGB está tão perto quanto se pode chegar de um verdadeiro espaço de cor universal. O sRGB foi desenvolvido para integrar o espaço de cor de um monitor de computador típico. Seu uso está difundido e é o espaço de cor padrão do Windows XP, de visualizadores da Web, inúmeros visualizadores e editores de imagem e outros softwares da plataforma Windows. Talvez o mais importante nessa discussão seja que esse é também o espaço de cor inserido virtualmente em todas as câmeras digitais atuais. Na verdade, se sua câmera não inclui a opção de escolha de um espaço de cor, é quase certo que não há outro a não ser o sRGB. E se sua câmera inclui opções de espaços de cor, o sRGB é provavelmente um deles.

Ajuste brilho/contraste via Software

(Tutorial do TecMundo)

Calibrize (baixe aqui) é um programa que ajuda você a regular o monitor passando por várias etapas. Além dos testes e da calibragem manual, é o programa ideal para realizar a tarefa com facilidade. O primeiro passo do programa é ajustar o brilho e o contraste de acordo com duas imagens.O contraste deve ser colocado no máximo e o brilho deve ser ajustado para que o círculo escuro ao centro apareça o mínimo possível. Já o círculo no meio do quadrado branco deve continuar aparecendo:

calibrize brilho e contrasteDepois o ajuste feito é para equilibrar a quantidade das cores primárias do monitor: vermelha, azul e verde (padrão RGB). Você deve arrastar as pequenas barras ao centro de cada cor para que o círculo não fique mais escuro do que o fundo. É importante também que o passo anterior tenha sido executado corretamente para que este fique equilibrado.

Calibraze gammaAo terminar de fazer as calibragens, é necessário salvar as configurações. Para isso, você só precisa clicar em “Save” e o seu computador fica com o novo perfil ativado.

Configurando o Photoshop CS6

Escolha Edit – Color Settings (Editar – Configurações de cores), no Photoshop.

CS6 color settingsE, na janela que aparecer, escolha a opção mais adequada para você. Se você quer configurar o monitor para edição de fotografias, escolha “Adobe RGB 1998″.

Adobe RGB 1998Se você estiver trabalhando para para Web, escolha “sRGB”

sRGBSe você quer preparar o documento para impressão, escolha a melhor alternativa no perfil do CMYK para você. Sugiro o FOGRA 39. Note que quando você muda a opção, a coloração da imagem muda.

Fogra 39Configurando Corel X5 X6

Com esse tutorial você vai aprender a configurar o seu Corel de acordo com a sua necessidade! Caso você não queira assistir o vídeo porque a preguiçatempo não deixa, eu vou postar a foto de como devem ficar as configurações!

Configuração de cores

Valeu Portugal! \o/

Tags

, ,

bandeiras

   Não são diárias as minhas postagens, mas todos os dias eu logo e gerencio o Blog, leio os e-mails dos leitores que sempre mandam opiniões e sugestões, confiro as postagens mais lidas e me programo para postagens futuras.

   Cada dia mais venho notando o crescimento de acesso dos irmãos lusitanos ao Blog (chegando a 40%) e eu não poderia deixar de agradecê-los, aproveitar e pedir a participação de todos também. Assim como a troca de informações com os compatriotas é sempre bem-vinda e engrandecedora, esse contato com companheiros de profissão de outro país pode ser muito interessante. Pelo e-mail samuelbsotero@gmail.com vocês podem mandar sugestões de postagens ou opiniões pra gente trocar idéias e melhorar o Blog. Até logo e mais uma vez: Obrigado Portugal!

10 dicas para um Designer iniciante

Tags

, ,

   thumb18

   Agora você já é um recém contratado ou começou a atuar na área como autônomo, é normal aquele frio na barriga e uma insegurança de como se comportar pra se dar bem nesse ramo tão competitivo. Eis aqui algumas dicas de quem já passou por algumas agências e trabalha também como autônomo!

1 – Esteja bem, “mente sã corpo são”:

   Todo mundo sabe (ou deveria saber) seus limites e suas necessidades. Dormir bem é indispensável e aquelas tradicionais 8 horas são necessárias pra muita gente. Trabalhar com a mente também é cansativo e a fadiga compromete nossa concentração e a capacidade de criação. Esteja saudável! Forçar o trabalho com aquela gripe ou com algum “probleminha” de saúde nunca é bom. Caso não tenha outra pessoa que possa adiantar o trabalho é melhor pedir e justificar um prazo maior do que entregar um trabalho ruim.

2 – Seja Profissional:

   Ouça o que o seu cliente tem a dizer, mas não tenha medo de expôr suas idéias que você julga melhores ou que possa melhorar o que o seu cliente deseja. Se você tem uma boa ideia e apresenta um bom trabalho com segurança o cliente vai confiar em você e isso melhorará sua imagem como Profissional. Seja pontual SEMPRE e se apresente com uma boa imagem: um visual meio “alternativo” pode espantar o seu cliente. Não peça prazos longos demais: se você está lotado de trabalho é hora de contratar ou mesmo terceirizar o trabalho (Designers autônomos nunca faltam no mercado). De qualquer forma é melhor ser sincero e justo com o cliente e dizer que não tem como honrar o compromisso, isso também ganha a confiança de muitos clientes. Nem seria necessário falar em prazos curtos que você não poderá cumprir, é pedir pra perder o cliente.

3 – Pesquise:

   Um Brienfing bem feito é o começo de tudo, adicione a isso uma boa pesquisa, principalmente se for um trabalho em um segmento que você nunca trabalhou. Se você é acostumado a trabalhar com convites de casamento, por exemplo, essa pesquisa pode ser desnecessária, pois você deve estar atualizado, mas se o cliente quer um layout para um site de brinquedos, e você nunca fez algo parecido, você deve entrar em vários sites do mesmo segmento e formar uma opinião sobre o que esse trabalho requer. Começar um trabalho sem uma referência pode desviar o foco do mesmo além de ser sempre mais difícil de começar quando você se depara com a página em branco (muita gente treme com isso, acreditem)!

4 – Cobre o justo, pro cliente e pra você:

   No timbrado que você criou (você criou, né?) faça o orçamento e leve em conta todo o custo que você terá: tempo, material, importância do trabalho no mercado, pedidos de alteração (sim, tenha um mínimo de alterações por trabalho, pois tem cliente que faz alterações só de sacanagem) e prova de cor/formato/tamanho do trabalho caso seja solicitado.

5 – Honre o seu horário de trabalho:

   Não é porque você só tem aquela alteração de cor pra fazer até o final do dia que você vai passar o dia no Facebook! Não, não é! Termine logo o que você tem pra fazer, na ultima hora podem acontecer imprevistos ou o que você julgava simples pode não ser e você terá que fazer às pressas correndo risco de não cumprir o seu valioso prazo. Depois de feito o trabalho você pode aproveitar o tempo livre, principalmente se for pesquisando novas ferramentas, sites de banco de imagens ou vetores, técnicas e etc. Fica à seu critério!

6 – Não se aventure em trabalhos que estão além da sua qualificação:

   Muitas vezes é difícil dizer um “não” pra algum trabalho, principalmente se as vacas não estiverem tão gordas, mas mesmo que seja uma oportunidade boa de pegar um trabalho mais rentável se você não estiver preparado pro tipo de trabalho, para dar a qualidade que ele exige isso pode causar muita dor de cabeça, além de perder um cliente. E lembre-se: um cliente insatisfeito pode manchar a sua imagem ou do seu negócio, o que implicará em perda de possíveis clientes.

7 – Faça a diferença:

   Tenha segurança no que faz e demonstre isso. Procure ter aquele “algo a mais” seja em algum serviço extra, no atendimento, na assistência ao cliente, na qualidade do serviço… Esse “algo a mais” fará a fidelização do cliente e criará o melhor tipo de publicidade: a boca à boca

8 – Atualize-se:

   Lembra do tempo livre? Aproveite para estudar: estude o mercado, as tendências e serviços mais procurados no momento, estude seus concorrentes diretos para não ficar pra trás, estude novas ferramentas, novos sites, novas técnicas.

9 – Seja humilde:

   Principalmente quando se é recém formado você acha que está atualizadíssimo e é muito diferente em campo. Mesmo que você saiba fazer uma coisa não diga logo de cara pra alguém mais experiente que você já sabe só pra mostrar que sabe, essa pessoa pode ter outra técnica (às vezes até melhor que a sua) e você pode aprender. Seja realista e admita (só pra você, rs) quando o trabalho de um amigo ou concorrente for bom ou melhor que o seu, desafie-se e procure superá-lo: chamamos isso de concorrência!

10 – Seja organizado:

   Tenha em um lugar visível um quadro com clientes, trabalhos, data de entrega e o encarregado para cada tarefa. Crie um modelo de Briefing completo para poder tirar o máximo de informação sobre o que o cliente deseja. Mantenha o seu ambiente de trabalho limpo e organizado: nada de papel pra todo lado e aquele prato com um pedaço de pizza em cima da mesa. Essa organização transmitirá mais segurança pro seu cliente.

   Espero que essas dicas ajudem você no seu trabalho. Sucesso e até a próxima!

Programa free para você Designer/Publicitário #2 Inkscape

Tags

, , ,

inkscape-0.48-ferrari

O que acha de criar imagens vetoriais em um software profissional, completo e totalmente grátis? Então não deixe de aproveitar o que o Inkscape têm a lhe oferecer.

Assim como seus concorrentes da Adobe e Corel, é recheado de ferramentas avançadas para a edição e desenvolvimento de desenhos vetoriais profissionais. Sua interface mantém o estilo dos softwares do gênero, porém com atalhos mais práticos para algumas funções.

Seu ponto forte não é apenas o fato de não ser pago, mas também é a velocidade com que inicia e realiza suas tarefas, a qual surpreende usuários que já utilizaram outros softwares. Isso pode ser explicado pela qualidade do seu código-fonte que o torna até 6 vezes menor do que o comum!

Mas isso não significa que sua interface seja simples, pelo contrário, traz todos os botões padrões muito bem desenhados e coloridos, facilitando a identificação de cada ferramenta. Como se não bastasse tamanha quantidade de qualidades, esta versão está totalmente traduzida para o idioma Português (Brasil).

   A sua intuitividade se faz pelo número reduzido de ferramentas, dando ao usuário a liberdade de criar seus próprios efeitos manualmente ao invés de utilizar uma coleção predefinida. O Inkscape oferece todas as ferramentas para a criação vetorial, mas merecem destaque:

Principais ferramentas:

  •   Edição de nós.
  •   Transparência.
  •   Anti-aliasing.
  •   Textos.
  •   Degradés.
  •   Vetorização.
  •   Múltiplas camadas.

O formato de saída padrão do programa é o SVG, com a possibilidade de importar e exportar imagens para os formatos usuais de imagens, inclusive PNG e JPG. Crie imagens profissionais em um programa repleto de recursos avançados, gratuito e totalmente em português.

DOWNLOAD AQUI

FONTE: Baixaki

Programa free para você Designer/Publicitário #1 Font Viewer

Tags

, ,

   Hoje vou começar a primeira de uma série de dicas de programas que certamente facilitarão a sua vida. Photoshop, Corel, InDesign, Blender, etc são gigantes praticamente insubstituíveis, mas são programas caros e nem sempre se pode tê-los em toda máquina, requerem também uma configuração melhor do seu PC, principalmente quando se trabalha com grandes arquivos.

   Reuni vários programas, muitos eu utilizo e me ajudam bastante, certamente você também vai encontrar algum que facilite o seu trabalho. Alguns terão várias funções dos já renomados, outros fazem até alguma função específica com mais precisão, mas a maioria funcionará como ferramenta para somar ao trabalho já feito pelos tradicionais softwares.

AMP FONT VIEWER

FontViewer

   O programa que eu escolhi pra hoje é o AMP Font Viewer, o melhor gerenciador de fontes grátis que eu já encontrei. Ele suporta fontes TrueType, OpenType e Type1. É um programa completo, bastante leve e capaz de gerenciar uma grande quantidade de fontes (dependendo da quantidade de fontes o seu desempenho para inicialização cai um pouco), mas estou falando de dezenas de milhares de fontes ao mesmo tempo. Com ele é possível gerenciar fontes instaladas e não instaladas no sistema, podendo até gerenciá-las a partir de uma partição diferente, HD Externo ou mesmo de um Pen Drive.

   Eu costumo gerenciar do meu HD Externo minha coleção de mais de 80 mil fontes. Além de poder visualizar todas as fontes em uma lista o programa nos possibilita instalar fontes temporariamente, deletando-as assim que o programa é fechado. Podemos também instalar fontes em uma pasta separada da original do Windows, visualizar a fonte por seus caracteres ou pré editar uma palavra ou frase e seguir alterando a fonte até encontrar a desejada.

   O AMP Font Viewer é grátis e tem a versão Portable que não necessita de instalação.

DOWNLOAD AQUI

   Se você deseja um programa mais robusto, profissional e em português você pode testar o Font Expert, esse faz tudo que o Font Viewer, mas com muitas funções melhores. Ele é pago e tem tempo de 30 dias para teste, mas é possível encontrar algumas versões “Portable” ou no 4shred. Lembrem-se de testar e comprar caso gostem do produto. Até a próxima dica pessoal.

Compartilhar arquivos ficará bem mais fácil com o SoShare!

Tags

, , , ,

263998851517563

   Com poucos minutos pesquisando podemos achar vários meios de compartilhar arquivos, mas poucos são práticos e com grande espaço de armazenamento. Recentemente  lançado e ainda na sua versão Beta o SoShare disponibiliza nada mais, nada menos que 1 TERA de espaço e com um cadastro bem simples e rápido: ponha o seu e-mail, senha, clique em “sign up” e estará feito, agora é só abrir o seu e-mail e clicar no link pra fazer seu primeiro compartilhamento.

    A intenção inicial do serviço não é armazenar seus arquivos importantes e deixá-los lá guardados, até porque cada arquivo tem um tempo limite de armazenamento de 30 dias, depois disso ele é automaticamente deletado.

   Para quem trabalha com publicidade sabe como um serviço assim é uma “mão na roda”. Algumas agências entregam seus arquivos em CD/DVD via Motoboy ou há alguns trabalhos/clientes que exigem apresentação, mas há situações que você poderia poupar tempo e/ou dinheiro mandando pela internet. O cliente até mesmo pode ser de outra cidade, o que é cada vez mais constante com as facilidades de comunicação de hoje em dia.

   Hoje a capacidade do Hotmail e do Gmail é de 20Mb, 25Mb respectivamente para envio de arquivos com capacidade em torno de 5Gb. Até pouco tempo esses números eram bem menores e não ajudavam em nada na hora de enviar um trabalho. O que você não conta é com as diferentes configurações de e-mails e até a caixa de entrada do seu cliente que pode estar lotada ou o arquivo não ficar na caixa de entrada sendo detectado como spam/vírus/etc.

   Pra quem tem necessidade de grande poder de armazenamento o Soshare é uma boa saída, outro bom serviço é o do 4shared que conta com 15Gb e pode ser cadastrado pela sua conta do Twitter, Facebook ou Google+. Ambos os serviços são semelhantes: após armazenar o arquivo é gerado um link que leva ao arquivo para ser baixado.

   Espero que vocês tenham gostado da dica, comentem suas opiniões e até outros bons serviços que vocês conheçam e não citamos aqui. Até a próxima.

Aplicativo do Facebook promete apagar “rastros” de relacionamentos passados

Tags

, , , ,

78200058715154537

   Depois de dizer quem do seu Facebook iria pra cama com você, agora um novo App promete “apagar” tudo que liga você à um relacionamento anterior. Quem nunca passou por isso: entrar num relacionamento, mudar status, postar mensagens, fotos, tags ou qualquer outra coisa que ligue você à essa pessoa e depois do “encanto” acabar, mesmo mudando o status da rede social para solteiro tudo permanece lá. Alguns até cancelam suas contas por um tempo e outros encaram a missão de sair deletando de um por um tudo que encontrar relacionado ao relacionamento.

    KillSwitch é o nome do aplicativo e está disponível por enquanto apenas para Android. Na sua descrição diz que nada é apagado de verdade do seu facebook e também não comenta se tem a opção de apagar de verdade. A intenção não é o(a) ex ficar sabendo que você resolveu sair apagando tudo e sim “iniciar um processo de cura”, ajudando você a superar esse fim de relacionamento. Para conhecer melhor o aplicativo, clique aqui.

Transforme seu PDF em um livro online com o Flipsnack

Tags

, , ,

imagem do meu portfolio

   A dica de hoje é sobre esse eficaz conversor de PDF, o FlipSnack. Com ele você pode transformar os seus PFDs em formato de livro online de forma rápida e com alguns recursos bem interessantes.

   O FlipSnack é uma ferramenta que pode ser utilizada de várias formas. Ao criar o seu PDF Online você pode compartilhar um trabalho de faculdade, fazer a apresentação de um trabalho pra um cliente, criar um portfólio entre outras várias formas que a ferramenta acaba sendo útil como transformar um livro que você tenha em PDF em um formato mais agradável de ler ou criar um Song Book e tudo isso podendo ser acessado de qualquer lugar, que disponha de internet, claro.

   Aliado à habilidade com Corel, Photoshop, Illustrator etc, a ferramenta acaba sendo muito útil para o Designer até porque o ponto fraco da ferramenta pra mim acaba sendo até útil: você pode acessar, mas não pode salvar o PDF a não quer que o hospedante tenha uma conta paga. A ferramenta conta ainda com a integração de 28 redes sociais, inclusive com o WordPress.

   A ferramenta necessita de um login que pode ser utilizado o Facebook ou Twitter, facilitando muito o acesso, depois é só clicar em “new flip”, inserir o Título do PDF, escolher o arquivo PDF (navegando por pastas até onde ele está ou clicando no arquivo e soltando dentro da caixa “drag and drop files here” ou inserindo a URL do PDF na internet), depois de enviar o arquivo é só personalizar com algumas ferramentas disponíveis e confirmar a publicação. Pronto, você tem um PDF Online!

   Eu testei a ferramenta com um pequeno Portfólio que fiz no Corel, salvei em PDF e hospedei no site. Não é nada bem feito, apenas pra ter uma noção da ferramenta. Confira o Portfólio aqui.

360Cities bate record de maior foto panorâmica do mundo

Tags

, , ,

   93828073421181739-o   Um recurso bem comum nas máquinas fotográficas de hoje, mais encontradas em 180 e 240 graus, a foto panorâmica ficou bem popular entre os fotógrafos amadores e proporcionando belíssimas fotos aos profissionais.

   E foi um belo trabalho que um grupo de fotógrafos chamado 360Cities realizou em Londres, quebrando o recorde de maior fotografia panorâmica do mundo. Ela foi tirada do topo da BT Tower, ano passado, em três dias, por três pessoas diferentes e tem 320 gigapixels. Utilizando 48.640 disparos de uma câmera Canon EOS 7D, lentes EF 400 mm f/2.8 IS II USM, além de teleconversores Extender EF 2x III e um suporte para tripé especial para esse tipo de foto, a Rodeon VR Head ST a foto levou cerca de três meses pra ficar pronta.

   Pra ver a foto é bem simples, acesse o site, clique na janela que aparece no meio da foto pra que ela desapareça e utilize o mouse para mover a foto em todas as direções e o scroll lock para o zoom.

   Confira o site da empresa e a foto aqui.